TOP online casino

Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros

Literatura Turca

Os poemas épicos são os primeiros e mais importantes exemplos da tradição literária oral turca. Podemos citar como exemplos: “O épico de Alp Er Tunga” que conta perda a dos exércitos Persas pelo Alp Er Tunga, o Soberano de Saka, que teria vivido no século VII, “O Épico de Lobo Pardo” cujo tema é a criação dos Gokturcos por uma loba e “O Épico de Ergenekon” que também relata o mesmo mito e conta a saída dos Gokturcos de Ergenekon devido ao derretimento de uma montanha de ferro. As primeiras obras escritas e conhecidas da Literatura Turca são “Os escritos de Orkhon” escrito com o alfabeto dos Gokturcos no século VIII. O mais importante destes escritos cujas partes traduzidas em língua turca foram publicadas em diversas línguas, estão representados em forma de monumentos erguidos em nome de Tonyukuk, Kül Tigin, e Bilge Khan. Estes escritos são muito significativos pelo fato de terem sido uma prova de que os turcos tinham uma linguagem escrita avançada e com riqueza de expressão.

 

mapa_vermelho Literatura Turca e Conversão ao Islã: O livro “Kutadgu Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, de autoria de Yusuf Has Hacib (século XI), escrito em uma língua declinada turca, foi a primeira obra da literatura turca. Ele contém opiniões e pareceres sobre assuntos como: religião, estado, política e educação. Outro trabalho de destaque da literatura turca influenciado pelo Islã é o “Divanü Lugati’t Türk” (Dicionário de Línguas da Turquia), escrito por Kasgarli Mahmut. Ambas as obras foram escritas em Hakaniye turco, que é um dos dialetos do sudoeste.

Outro item de desenvolvimento importante na linguagem turca, que também influenciou diretamente a literatura, é encontrado no dialeto do sudoeste, falado pelas tribos Oghuz-Turcoman desde o século XI. Eventualmente, os clãs que se estabeleceram no Azerbaijão e em uma região do Irã, criaram o Turco-Azerbaijano, enquanto que aqueles que tinham se estabelecido na Anatólia desenvolveram o dialeto turco da Turquia.

 

mapa_vermelho Literatura Clássica Otomana (Divã): A Literatura Clássica  que  surgiu  no  período  Otomano  é   um estilo de literatura de elite, desenvolvida juntamente com a literatura Árabe e Farsi.

Os primeiros mestres da poesia Divan no século XIV foram: Dehhani, Kadi Burhaneddin, Nesimi e Ahmedi. A partir do século XV, todas as características da poesia persa, começaram a fluir em forma de poemas clássicos Otomano. Alguns dos poetas mais conhecidos desse período através de seus poemas clássico profano foram: Seyhi, Ahmet Pahsa, Necati e Süleyman Çelebi, conhecido por seu poema religioso “Mevlid”, Que é considerada uma das obras mais marcante dessa fase.

No século XVI, muitos artistas que viveram na Anatólia, Balcãs e no Oriente Médio, começaram a reunir-se em Istambul. Podemos citar como poetas lideres deste período: Fuzuli, famoso poeta dos poemas mais encantadores da poesia Divan turco; os poetas: Ruhi de Bagdá, Baki e Zati, ficaram conhecidos por sua linguagem fluente e estilo suave. Nef’i, conhecido por suas sátiras (ODE) no século XVII, sobressaiu-se com sua influente técnica de estilo artístico e de maneira ousada. No século XVIII, Nabi destacou-se escrevendo poemas didáticos onde em suas obras, criticou o Estado, a sociedade e a vida social.

pag421A poesia clássica otomana (Divan) do século XVIII, conhecida  como  Nedim,  começou  a  mostrar  uma  tendência de vernáculo. Neste período, a poesia popular influenciou a poesia Divan, a linguagem tornou-se mais simplificada, e proporcionou a conversão de temas locais simples. Eventualmente com Nedim, a compreensão da “magnificência da poesia” foi substituída pelo “poema delicado e sensível&rdquo. Esta tendência, liderada por Nedim, continuou com o Sheik Galip mais tarde até o final do século.

A maioria dos escritores que criavam suas obras de prosa da literatura Divan, adotou um estilo despretensioso em suas obras escritas dirigida ao público, no entanto eles preferiam um estilo elaborado e não lúcido para as obras dirigidas aos intelectuais. Com o passar do tempo, um meio-termo foi seguido e uma linguagem de prosa, diferente da língua falada, recorrendo à arte de prosa roxa, foi desenvolvida. Alguns dos importantes prosadores que ocupam lugar de destaque são: Aşık Paşazade, Aşık Çelebi, Evliya Çelebi, Naima, Koçibey e Mercimek Ahmet. O Seyahatname (Viagem) escrito por Evliya Çelebi, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros explicitamente expressa o que ele havia testemunhado em suas viagens durante mais de cinco décadas, é uma fonte valiosa em termos de geografia, história, etnografia e antropologia linguística, refletindo diversos aspectos da vida social do século XVII.

 

mapa_vermelho Literatura Popular: As Canções Manis (um poema humorístico, com quatro linhas), épicos e contos populares são obras anônimas da literatura popular. Além disso, o folk e Meddah (narrativas e sósia) histórias além do “Karagöz” (teatro de sombra turco) e o “Ortaoyunu” (teatro de rua), constituem uma parte importante da literatura popular anônima.

pag422No campo da prosa, os contos de Dede Korkut, compilado no século XIV a partir de histórias contadas por populares, é uma das obras mais importantes na história da literatura turca.  Esta  obra é  constituída  por 12 contos  e  reflete  as características do período durante o qual os turcos ficaram sob a influência do Islã.

Outro gênero da literatura popular, é a literatura Tasavvufi (Mística), tendo características religiosas, iniciou-se com Ahmed Yesevi no século XII. No entanto, o poeta popular de renome, Yunus Emre, que teria vivido no final do século XIII, é considerado o verdadeiro fundador da literatura popular mística. Sua revolta contra as injustiças da época, sua abordagem tolerante e receptiva às questões religiosas e seu uso de uma linguagem lúcida e emocional para expressar o seu pensamento teve grande influência sobre o povo. Por causa do uso da língua turca com grande habilidade, ele é considerado o “Grande Mestre” da Língua turca da Anatólia.

No mesmo século, o humor popular, baseado na esperança e otimismo acabou por ser uma segunda fonte de arte. Nasreddin Hodja, que é suposto ter vivido no século XIII, é o maior representante do humor popular, não apenas na sua época, mas também na nossa atualidade.

pag423As crenças da seita xiita-Batini encontrou uma reflexão na literatura popular na segunda metade do século XVI. O estilo literário, Alevi-Bektashi, formado ao longo desta linha de fé,  começou a desenvolver-se em um estilo diferente da poesia popular mística. Pir Sultan Abdal foi um dos representantes mais característico deste gênero, pois abordou temas de amor humano, fraternidade, igualdade, paz e unidade da humanidade e de Deus em seus poemas.

O “Asik Literatura (trovador)”, um outro gênero de literatura popular que aborda temas profano, produziu seu primeiro exemplo no início do século XVI. Mestres lendários como Köroglu e Karacaoglan, que compôs a literatura menestrel na qual a letra e a música se complementam mutuamente, surgiram nesse período. Köroglu, o qual se tornou um símbolo da rebelião corajosa contra problemas sociais, expressa heroísmo, bravura, amor pela Natureza, mas um amor apaixonado com estilo exuberante em seus poemas. Quanto à Karacaoglan, que foi fortemente dedicado à tradição da literatura popular, era o nome mais poderoso em termos de poemas de amor. Çildirli Asik Senlik, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, Gevheri, Erzurumlu Emrah, Sümmani, Seyrani e Dadaloglu foram os outros poetas de destaque da literatura de estilo Trovador.

A literatura popular continua atualmente a sua tradição de séculos, alimentada por novas questões e problemas atuais. Alguns dos significativos trovadores populares dos tempos moderno são: Asik Veysel (Satiroglu), Dursun Cevlani, Davut Sulari, Sabit Ataman (Asik Müdami), Daimi, Mahsuni Serif, Neset Ertas, Seref Tasliova, Murat Çobanoglu, Muhlis Akarsu, Yasar Reyhani e Musa Eroglu.

 

pag424mapa_vermelho Rumo a Inclinação do Oeste: No século XIX, a literatura Divan foi substituída pela  literatura Tanzimat  (Reforma), que se desenvolveu sob a influência ocidental. Neste período foram produzidos obras de novos gêneros que não existia antes da literatura Divan, tais como: novelas, jogos, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, histórias, artigos, memórias, ensaios e críticas. Neste período, o jornalismo e a literatura tornaram-se interligados. No mesmo período, Sinasi escreveu a primeira obra do teatro turco no sentido ocidental “O Matrimônio do Poeta”; vários autores como Namik Kemal, Ziya Pasha, Semsettin Sami, Recaizade  Mahmut Ekrem produziram suas obras dentro do novo gênero da literatura.

pag425aO “Edebiyat-i Cedide” (Nova Literatura) foi um movimento que começou em 1891, através dos escritores que haviam se reunido em torno da revista Servet-i Fünun, enfocando a autenticidade da arte. O desenvolvimento mais importante neste período ocorreu nos gêneros de romance e história. Halit Ziya Usakligil escritor das obras “Mavi ve Siyah” (azul e preto) e “Ask-i Memnu” (Um Amor Ilícito) é considerado o primeiro gênero autêntico, do romance turco. Por outro lado, Mehmet Rauf escritor de “Eylül” (Setembro), foi o primeiro exemplo de romance psicológico e estão entre as obras mais significativas deste período.

 

pag425bmapa_vermelho Movimento Nacional de Literatura: Um movimento que começou com a “Genç Kalemler” (Jovens Penas), um periódico editado por Ali Canip Yöntem, Ömer Seyfettin e Ziya Gökalp, mas que logo atraiu autores que defendiam diferentes abordagens para a arte. Nas obras escritas em um turco simplificado, foram abordados problemas sociais e  introduzidos valores nacionais.  Os escritores akup Kadri Karaosmanoglu, Halide Edip Adivar, Resat Nuri Güntekin e Refik Halit Karay representaram os melhores exemplos desse movimento, especialmente no estilo de romances com pequenas histórias. Poetas com diferentes visões de mundo e diferentes conceitos de poesia, também apareceram nesse período. Por exemplo, Mehmet Akif Ersoy, o autor do Hino Nacional da Turquia, escreveu seus poemas em metros prosódicos (Aruz) da poesia Divan, ao invés de escrevê-lo no estilo metro silábico, que era a principal característica do movimento e também preferiu escrever sobre questões sociais de uma forma realista. Por outro lado, Yahya Kemal Beyatli, o qual era considerado como um tradicionalista defensor do estilo otomano, desenvolveu um tipo de poesia neoclássica; Ahmet Hasim o qual não tinha ideologias dominantes defendeu um poesia pura com uma percepção impressionista e simbolista.pag426a

 

pag426bmapa_vermelho O Período da República: Os primeiros exemplos de literatura orientada para o realismo social surgiu na década de 1930. Os Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros "Yesil Gece" (Noite Verde-1928) e "Yaprak Jogo Hill Climb Racing 2 (As Folhas do Outono-1930)  pela Resat  Nuri Güntekin "Dokuzuncu Hariciye Kogusu" (Nona Surgica Ward-1930) e "Fatih Harbiye" (1931) por Peyami Safa "Yaban" (Savage, 1932) por Yakup Kadri Karaosmanoglu e "Sinekli Bakkal" (Mercearia Infestada de Insetos-1936) por Halide Edip Adivar foram escritos de acordo com este conceito. As obras "Dikmen Yildizi" (Estrela Dikmen-1928) por Aka Gündüz "Çulluk" (Pica-Pau, 1927) por Mahmut Yaseri, e "Çingeneler" (Ciganos, 1939) por Osman Cemal Kaygili  cujo mostrou duras linhas realistas e locais, além de análises psicológicas. O romance Memduh Sevket Esendal intitulado "Ayasli ve Kiracilari" Ellie Prepare-se Comigo 2 Homem de Ayas e seus inquilinos, 1934) retrata a vida em Ankara durante os primeiros anos da República, enquanto Abdülhak Sinasi Hisar de "Fahim Bey ve Biz" (Nós e Sr Fahim, 1941) mostra a vida nas mansões e residências à beira-mar de Istambul, durante o último período do Império, mostrando uma abordagem analítica de ser rico em detalhes.

pag427aNa poesia, Nazim Hikmet Ran foi o primeiro representante de uma nova tendência denominada de poesia livre a qual excluiu a consciência de versos. Ele deu importância para "epítome" (conteúdo) na poesia e também desenvolveu um estilo original.

Podemos citar entre os poetas os quais escreveram poemas com medidores silábico porém deram grande importância à qualidade poética: Ziya Osman Saba, Ahmet Hamdi Tanpinar, Ahmet Muhip Dranas e Kemalettin Kamu. Orhan Saik Gökyay, é bem conhecido por suas pesquisas sobre a história da literatura turca,  onde adaptou  para  saz  suas poesia tekke e utilizou em suas obras o metro silábico. Na segunda metade da década de 1930, poetas como Cahit Sitki Taranci, Fazil Hüsnü Daglarca e İlhan Berk tentaram cultivar uma abordagem independente para a poesia enquanto Necip Fazil Kisakürek expressava em seus poemas, alguns elementos psicológicos e surrealistas em um estilo marcante e incomum. Quanto aos poemas Faruk Nafiz Çamlibel, eles foram inspirados pelas realidades da Anatólia.

pag427bChegando à década de 1940, Sait Faik Abasiyanik trouxe um novo conceito de narrativa, na literatura de romances que se dirigiam ao mundo sensível do intelectual e do indivíduo comum, ao invés de dificuldades sociais. Sabahattin Ali, levou a um nível de análise psicológica de seus romances, lidava com os efeitos das mudanças culturais nos indivíduos de vários segmentos da sociedade 'İçimizdeki Jogo de cabeleireiro louco (O Satan entre nós) e Kürk  Mantolu  Madonna  (Madonna em Casaco de Pele). Outros autores do período, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, tais como Tarik Bugra, Oktay Akbal, Cevat Sakir Kabaagaçli, Haldun Taner, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, Cevdet Kudret Solok e Samim Kocagöz, produziram obras na linha do realismo. Enquanto isso, o “Garip Movimento” (l. Nova), que surgiu na poesia como uma reação, não só para os antigos, mas também para poemas de Nazim Hikmet Ran, deixou sua marca neste período. Nomeado após o livro “Garip” (Miséravel-1941), em que Orhan Veli Kanik, Oktay Rifat Horozcu e Melih Cevdet Anday publicaram seus poemas sem rimas ou medidas. O movimento, que retratou a vida cotidiana e questões individuais, com a simplicidade da  linguagem falada, espalhou-se em um curto espaço de tempo e atraiu muitos jovens seguidores. Este movimento, também influenciou os poetas famosos da época tais como: Necati Cumali, Bedri Rahmi Eyüboglu e Behçet Necatigil. Na segunda metade da década de 1940, Ceyhun Atuf Kansu, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, Cahit Külebi, Necati Cumali e Bedri Rahmi Eyüboglu desenvolveu um estilo narrativo da poesia com base nas expressões estilísticas e atribuindo maior importância à sensibilidade social.

pag428Desde o início da década de 1950, os autores apresentaram inclinação para realidades rurais. Mahmut Makal de “Bizim Köy” (Nossa Aldeia-1950) e Fakir Baykurt de “Yilanlarin Öcü” (Vingança da Cobra-1959), abriu novos horizontes para a literatura turca, com as observações sobre o estilo de vida das pessoas residentes em áreas rurais. Outro escritor que trouxe uma dimensão diferente à ficção sobre a vida rural da década de 1950 é Yasar Kemal, o qual publicou o primeiro capítulo de seu famoso romance “İnce Memed” (Fina Memed) em 1955, que retrata as dificuldades do povo da região Çukurova e as atitudes que eles desenvolveram, utilizando uma linguagem da epopeia. Esta novela também deu os primeiros sinais das abordagens e expressões do autor a qual foi adaptada, nos anos seguintes. Kemal Tahir, o qual ganhou uma reputação  na literatura com o  romance “Göl İnsanlari” (“O Povo do Lago”) publicado em 1955, também está entre os autores que retratam fatos da vida rural. No entanto, estilos diferentes e pessoais são características predominantes nas obras de escritores como: Demir Özlü, Ferit Edgü, Yusuf Atilgan e Nezihe Meriç, que começaram a escrever suas obras entre os anos de 1950 e 1960.

Aziz Nesin, que criticou os problemas da sociedade de uma forma irônica e satírica, produziu obras em quase todos os ramos da literatura desde 1955. O escritor ganhou duas vezes o Prêmio “Golden Palm Italiana” nos anos de 1946 e 1957, seus livros foram traduzidos para várias línguas estrangeiras e gradualmente ganhou fama internacional. Muzaffer Özgü e Rifat llgaz, conhecido por seu “Hababam Sinifi” (Classe de Tititi) também surgiram como autores de sucesso do gênero do humorístico.

No campo da poesia, a linguagem coloquial e fácil de entender, deu lugar a um método de nova expressão de palavras com evocações especiais, de acordo com a conotação baseada na estrutura formada pelo artista. Entre os representantes desta nova tendência, conhecida como II “Segundo Novo”, estão: Cemal Süreya, Edip Cansever, Turgut Uyar, Ece Ayhan, İlhan Berk, Özdemir Asaf e Kemal Özer. No mesmo período, Sezai Karakoç criou uma linguagem específica de poema para si mesmo, abordando temas existenciais e metafísicos, num estilo místico. Esse estilo de poesia que fez uma amostragem da arte desses poetas apresentou  outras  tendências diferentes em anos posteriores.

pag429No período após 1960, os problemas sociais começaram a ganhar destaque e, a busca de novas técnicas e estruturas ajudaram a enriquecer a linguagem turca. Durante os trabalhos iniciais de Arif Nihat Asya, o qual é conhecido como o “Poeta da Bandeira”, novos artistas tais como Yavuz Bülent Bakiler, Osman Attila, Ayhan Inal, Feyzi Halici, Ataol Behramoglu, lsmet Özel e Hilmi Yavuz começaram a surgir no início da década de 1960.

Nas obras desses autores, era Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros observar a tendência do novo movimento, mas seus poemas foram afetados pela tendência geral nos últimos anos. Os debates realizados durante as histórias de curto romance, sobre as questões rural-urbanas, se tornaram mais difundidas com a introdução de vários temas sobre a estrutura social. Autores como Orhan Kemal, Yasar Kemal, Kemal Tahir, continuaram a produzir obras em seus próprios estilo também durante a década de 1960. Por outro lado, autores como Samim Kocagöz, llhan Attila, Tarik Bugra, Hasan lzzettin Dinamo e llhan Selçuk abordaram temas modernos em suas obras.

pag430Na década de 1970, CodyCross Underwater World Group 36 Puzzle 1 Respostas retransmissão direta do pensamento e a sensibilidade aumentaram a tendência para os acontecimentos atuais em todos os gêneros da literatura. Durante este período, autores como Çetin Altan, Pinar Kür, Tomris Uyar, Sevgi Soysal, Tezer Özlü, Selim İleri, Bekir Yildiz e Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros Kutlu produziram obras revelando diversos aspectos da transformação social e privilegiando análises psicológicas.

A alienação da sociedade quanto à política na década de 1980, levou os intelectuais a desenvolverem um maior interesse voltado para cultura e artes.

As obras de Mustafa Necati Sepetçioglu sobre a história da Turquia, abordando temas que vão desde a “Vitória Malazgirt” 1071 até o declínio do Império Otomano, despertaram um grande interesse da nova geração de leitores. Sua peça, “Büyük Otmarlar” (O Grande Otmars) foi eleita como a melhor obra no Festival de Teatro entre as Universidades Europeias. Muitas de seus escritos foram traduzidas em várias línguas e publicadas no exterior.

Orhan Pamuk, o qual foi incluído na lista dos “21 escritores para o século 21”, compilado pelo jornal britânico “O Observador”,  em  1999,  recebeu o  prêmio  “IMPAC Dublin de Literatura” em 2003, com seu romance “Benim Adim Kirmizi” (Meu Nome é Vermelho) que foi traduzido para 24 idiomas. Em 2006, mesmo autor também foi premiado com o Prêmio Nobel de Literatura.

pag431Turgut Özakman, escritor famoso na Turquia e no exterior principalmente por sua dramaturgia, “Su Çilgin Türkler” (Os Loucos Turcos) em 2005, ganhou o prêmio de honra da Instituição Artística com o título de “Best-seller do Ano&rdquo.

Como outros principais escritores da literatura turca  podemos citar: Ayse Kulin, Nazli Eray, Seleção de poesia de Turgut Uyar não incluída nos livros, Buket Uzuner, Kürsat  Basar,  Pinar Kür, lhsan Oktay Anar, lskender Pala, Hasan Ali Topbas, Yusuf Atilgan e Alev Alatli.

O Estado tem tentado o quanto possível, incentivar e motivar os escritores com atividades literárias para que suas obras não sejam esquecidas. Neste contexto, as datas de nascimento e passamento de proeminentes escritores estão sendo celebradas para que seus nomes e obras sejam mantidos vivos em nossa memória. Várias atividades estão sendo organizadas por ocasião do aniversário da adoção do Hino Nacional da Turquia, e a memória de Mehmet Akif Ersoy é celebrada dentro deste contexto.

 

Fonte: Direção Geral de Imprensa e Informação do Primeiro Ministério da Turquia, 2010



Tweet

.

.

.

].

.

Gaming commission,

:

  1. Official license of the online gaming industry, "white" license;
  2. Many players for whom other online casino powers are not available.
  3. Fairly low tax rates;
  4. Exemption from multiple license fees and commissions.

Organizational and legal forms of company opening.

Interest rates. license fees

.

Minimum authorized capital.

Protection of players' personal data

Other license requirements:

  • Contact number. +(60) 56 46 47

Collapse

Popular Slots